TODA A JORNADA DE ROBERT DOWNEY JR ATÉ VENCER O OSCAR

GS
0

   A trajetória do ator Robert Doeney JR., é uma história que inspira e emociona. Encarou desafios e superou obstáculos que muitos consideravam intransponíveis. Rotulado por alguns como um "talento perdido", sua persistência e dedicação o conduziram até o ápice da glória cinematográfica: o Oscar. Neste artigo, vamos explorar a incrível jornada desse artista, revelando os altos e baixos que moldaram sua ascensão no mundo do entretenimento.



Quem é ROBERT DOWNEY JR?

Robert John Downey Jr., uma lenda polivalente de Hollywood, nascido em 4 de Abril de 1965, transcende os limites da arte. Sua carreira começou aos incríveis 5 anos de idade, quando estreou no filme "Pound", dirigido por seu próprio pai, Robert Downey Sr. Desde então, ele tem sido uma presença constante nos palcos da televisão, nas telonas do cinema e até mesmo nos bastidores da ópera. Além de sua notável habilidade como ator, Downey Jr. também brilha como cantor, compositor e pianista. Sua jornada é uma tapeçaria de talento multifacetado, que continua a encantar e surpreender o público em todo o mundo.

fonte:wikipédia


A JORNADA DE ROBERT DOWNEY JR ATÉ O OSCAR

Pouco antes de seus desafios pessoais se tornarem manchetes, ele era aclamado pela imprensa internacional como "o ápice da atuação de sua geração".

O ator acabara de brilhar em seu mais recente papel, que até então era considerado o ápice de sua carreira: Chaplin.




Em 1996, o filme "Chaplin" foi lançado, mas também marcou um período difícil para Robert, pois ele foi preso por dirigir sob influência de cocaína, com heroína e uma Magnum 357 no porta-luvas de seu carro.

Um mês após sua prisão, um incidente infeliz o levou a entrar na casa errada, resultando em uma sentença de três anos. Curiosamente, a moradora ligou para a polícia e, na gravação, é possível ouvir Robert Downey Jr. roncando. 
Com esse episódio, o prestígio de Robert começou a declinar.




Os atores e amigos de Robert, Sean Penn e Dennis Quaid, tomaram a iniciativa de encaminhá-lo a um centro de reabilitação. No entanto, sua permanência lá foi breve, já que ele conseguiu escapar pela janela do banheiro.
Posteriormente, ele foi encontrado em Malibu, visivelmente sob o efeito de drogas, enquanto dirigia seu Porsche. Um ano mais tarde, o renomado ator falhou em comparecer a uma reunião de reabilitação e, como resultado, foi condenado a 113 dias de prisão. Em 1999, ele novamente não compareceu a uma nova reunião, resultando em um aumento significativo da sentença: agora foram 3 anos.




Após cumprir sua sentença, Robert conseguiu um trabalho - uma participação na série "Ally McBeal: Minha Vida de Solteira".
Seu desempenho rendeu-lhe o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante em Televisão no Globo de Ouro de 2001.




Em novembro de 2000, Robert enfrentou outra prisão, desta vez em um hotel, onde foi encontrado na posse de anfetaminas e cocaína. Meses após esse incidente, ele foi descoberto em uma situação desesperadora, perdido em uma rua infestada de ratos, sem trabalho e abandonado por sua ex-esposa, Deborah Falconer, que partiu levando consigo o filho do casal, Indio, nascido em 1993.




O Ponto de Virada

Em 2001, Robert recebeu um convite especial de Elton John, que, como ele, enfrentou suas próprias batalhas com as drogas, para participar do clipe "I Want Love".
A partir desse momento, o ator deu início a uma jornada de redenção. Em um ato simbólico, no Dia da Independência de 2003, Downey Jr. tomou uma decisão crucial em sua luta contra as drogas: ele jogou no mar todas as substâncias entorpecentes que possuía. Esse gesto marcou o início oficial de sua busca por uma nova vida.
Em 2007, ele brilhou em filmes como 'Trovão Tropical' e 'Zodíaco', solidificando seu retorno à indústria cinematográfica.
No entanto, foi em 2008 que sua vida mudaria completamente, com sua icônica estreia como o playboy filantropo Tony Stark em 'Homem de Ferro'.




A partir desse ponto, Robert Downey Jr. se transformou em um fenômeno por 10 anos seguidos!
Parecia um milagre... um sonho!
Em uma entrevista prévia à estreia do primeiro "Homem de Ferro", ele descreveu o papel como um verdadeiro divisor de águas. Mas o talento de Downey Jr. não se limitou apenas a esse personagem icônico!
Nos 10 anos que se seguiram, ele brilhou em uma série de outros filmes, incluindo 'Sherlock Holmes' e 'O Juiz'.




Atualmente, Robert Downey Jr. conquista seu primeiro Oscar na categoria de Melhor Ator Coadjuvante por seu papel em "Oppenheimer". Um prêmio mais do que merecido! Sua vitória é um testemunho de superação, um renascimento notável. Este momento é uma afirmação alegre de que podemos sempre nos superar. Parabéns, Robert Downey Jr., você é verdadeiramente incrível!





Ajude o Blog a continuar ativo fazendo um PIX de incentivo: 49c257b1-5163-4b50-88ec-bd75810a1c1c


Se você gostou da matéria por favor nos siga no Google News clicando no botão abaixo e não perca nenhuma das nossas postagens.
SEGUIR SINHO PLAYER NO GOOGLE NEWS

Postar um comentário

0Comentários

Use sua conta Google para comentar!

Postar um comentário (0)