Por que a reciclagem de plástico não está funcionando?

GS
0


Por que a reciclagem de plástico não está funcionando?

Você sabia que apenas 9% do lixo plástico é reciclado no mundo? Isso significa que a maior parte das embalagens plásticas que usamos no dia a dia acaba em aterros sanitários ou no meio ambiente, causando poluição e danos à vida selvagem. Mas por que a reciclagem de plástico não está funcionando como deveria? Neste post, vamos explicar alguns dos principais desafios e possíveis soluções para esse problema.

 Tipos diferentes

  Um dos desafios é que existem sete tipos diferentes de plástico, que são basicamente incompatíveis entre si e difíceis de separar. Cada tipo de plástico tem propriedades químicas e físicas distintas, que exigem processos específicos de reciclagem. Além disso, muitas embalagens são feitas de plásticos misturados ou combinados com outros materiais, como metal ou papel, o que dificulta ainda mais a sua recuperação.

  Os plásticos são classificados em sete tipos diferentes, de acordo com a sua composição química e as suas propriedades. Os tipos 1 e 2 são os mais comuns e os mais fáceis de reciclar, pois são feitos de polietileno, um material termoplástico que pode ser derretido e moldado várias vezes. Os outros tipos de plástico são mais difíceis de reciclar, pois podem conter substâncias tóxicas, aditivos ou misturas de diferentes polímeros que dificultam a sua separação e processamento.



 Custo e qualidade

 Outro desafio é que o plástico virgem, produzido a partir de petróleo e gás, é mais barato do que o plástico reciclado, o que limita o mercado e o incentivo para a reciclagem. Muitas empresas preferem usar plástico novo em suas embalagens, pois isso reduz os custos e garante uma qualidade uniforme. Por outro lado, o plástico reciclado pode ter variações de cor, resistência e pureza, dependendo da origem e do tratamento do material.


     

 Omissão estatal

 Além disso, a reciclagem de plástico enfrenta problemas de infraestrutura e informação. Muitos países não têm sistemas eficientes de coleta seletiva, transporte e triagem dos resíduos plásticos, o que impede que eles cheguem às indústrias recicladoras. Também há falta de regulamentação e padronização sobre a reciclagem de plástico em nível global, o que dificulta a rastreabilidade e a transparência do processo. E muitos consumidores não sabem como funciona a reciclagem de plástico, quais tipos são recicláveis e como descartá-los corretamente.


Então, o que podemos fazer para melhorar a situação? Algumas possíveis soluções são:

  • - Reduzir o consumo de plástico descartável e optar por alternativas reutilizáveis ou biodegradáveis sempre que possível.
  • - Separar os resíduos plásticos dos demais e colocá-los nos locais adequados para a coleta seletiva.
  • - Apoiar iniciativas que promovam a reciclagem de plástico, como cooperativas de catadores, projetos sociais e ambientais e empresas sustentáveis.
  • - Cobrar das empresas e dos governos uma maior responsabilidade sobre a produção, o uso e o destino das embalagens plásticas.
  • - Educar-se e conscientizar outras pessoas sobre os impactos do plástico no meio ambiente e na saúde humana.



A reciclagem de plástico é importante, mas não é suficiente para resolver o desafio do uso excessivo desse material. Precisamos mudar nossos hábitos de consumo e exigir mudanças estruturais na forma como o plástico é produzido e gerenciado. Só assim poderemos garantir um futuro mais limpo e saudável para nós e para as próximas gerações.


Assista este vídeo mais detalhado e interessante


Leia também: Seu corpo é de plástico


Ajude o Blog a continuar ativo fazendo um PIX de incentivo: 49c257b1-5163-4b50-88ec-bd75810a1c1c


Se você gostou da matéria por favor nos siga no Google News clicando no botão abaixo e não perca nenhuma das nossas postagens.
SEGUIR SINHO PLAYER NO GOOGLE NEWS

Postar um comentário

0Comentários

Use sua conta Google para comentar!

Postar um comentário (0)